Seja +
Seja +

Perguntas e respostas

Pergunta: A profissão pode afastar as pessoas?

Há quase dois anos cadastrei neste site. Confesso que não tenho paciência para conversas online e nem sempre entro aqui. Não coloquei fotografia por questões de privacidade, apesar de saber que a sua falta dificulta um pouco.
Neste período conheci apenas três rapazes e não houve interesse de ambas as partes de continuar, mas o clima foi ótimo, um bom papo, tudo fluiu muito bem, só faltou a famosa química. O problema é que me interessei por muitos em trocas de e-mails e alguns telefonemas, e estes também demonstraram interesse. Porém quando contei que era Delegada de Polícia após alguns e-mails ou telefonemas, a pessoa parou de se comunicar, ficando visível que o afastamento foi em função da minha profissão.
Sempre convivi quando este problema até quando tinha menos de trinta anos de idade e a paquera iniciava ao vivo. Como comecei a trabalhar na polícia com 20 anos, acabei namorando pouco e me casei aos 32, após dois anos de namoro, com um rapaz que já havia sido paquera antes de começar a trabalhar na polícia.
A questão é, devo omitir a minha profissão? Pensei em dizer que sou Advogada, já que domino bem a área jurídica. Pelo que noto, os homens pensam que devido a minha profissão, sou aquela mulher que irá concorrer com eles, que dá ordens, durona, etc. Já reduzi ao máximo a minha apresentação no meu perfil, depois disso apareceram mais candidatos. Aguardo um parecer.

Resposta: A profissão que escolhemos tem sim muita relação com quem somos e com nossa personalidade, algumas vezes sem que se perceba (e é preciso estar muito atenta a isso), repetimos na vida pessoal condutas profissionais, simplesmente porque estão extremamente misturadas em nós.
Quando no final você pede um parecer sobre sua questão, aponta para uma forma mais objetiva de viver. Aqui não temos pareceres e sim contribuímos com reflexões, ideias, trocas, pois tratamos dos sentimentos, e não dos fatos. Quem sabe, sem que perceba você esteja expandindo para sua vida pessoal aspectos que deveriam ficar restritos apenas à sua profissão?
Sim, pode ser que alguns homens a julguem antes de conhecê-la em razão da sua ocupação, mas ainda assim não podemos reduzir a apenas essa justificativa sua dificuldade em encontrar química, entrosamento e uma relação legal.
Se inicialmente for mais confortável comentar que trabalha na área jurídica, não terá mal algum. Entretanto em algum momento você irá compartilhar o que faz, e não deve lhe fazer bem a sensação de que deva omitir o que faz para ser aceita. Talvez seja mais interessante avaliar e questionar aspectos do seu comportamento, da sua história, das suas emoções e ver através destes, se existem mudanças que possam ser feitas.

Um abraço,
Juliana

Respondido por

Dra. Juliana Amaral Psicóloga

Psicóloga Clínica, Psicanalista, formada pela PUC.RJ. Atendimento clínico em consultório particular ha 10 anos. Atendimento de crianças, adultos e família.

Publicidade